quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Homofobia. O que de fato significa esta palavra?

Já a algum tempo se fala em homofobia. Mas o que vem a ser realmente e o que significa esta palavra?

Nem mesmo entre os que defendem os direitos dos homoxesuais, não to falando de direitos humanos que todos temos, mas de um direito exclusivo que estes querem, encontramos um definição que explique o termo de uso para a palavra.

Trarei aqui alguns conceitos e definições para esta palavra:

1) homofobia caracteriza o medo e o resultante desprezo pelos homosexuais que alguns indivíduos sentem. Para muitas pessoas é fruto do medo de elas próprias serem homosexuais ou de que o outros pensem que o são. O termo é usado para descrever uma repulsa face a relações afetivas e sexuais entre pessoas do mesmo sexo.  http://homofobia.com.sapo.pt/conceitos.html

2) Repulsa ou preconceito contra a homossexualidade ou os homossexuais.

3) O termo homofobia é um neologismo criado pelo psicólogo George Weinberg, em 1971, numa obra impressa, combinando a palavra grega phobos ("fobia"), com o prefixo homo-, como remissão à palavra "homossexual". Etimologicamente, o termo mais aceitável para a idéia expressa seria "Homofilofóbico", que é medo de quem gosta do igual. - http://pt.wikipedia.org/wiki/Homofobia

4) Outros definem em: a) Medo irracional em relação à homossexualidade ; b) Preconceito contra os homossexuais; c) Ódio em relação aos homossexuais - http://www.infopedia.pt/lingua-portuguesa/homofobia

5) Agredir o homossexual (tanto de forma física quanto verbal) é homofobia, incentivar a agressão contra o homossexual (tanto de forma física quanto verbal) também é (homofobia), incentivar que o homossexual seja excluído de um grupo só porque é homossexual também é (homofobia) e perseguir o homossexual querendo converter a qualquer preço a algum grupo religioso homofóbico também é (homofobia).

Continua - Mas apenas não concordar com a homossexualidade não é homofobia. E não querer ser amigo de alguém porque ele é homossexual também não é homofobia. - http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20080202052934AASPhBi


Paro aqui de mostrar alguns equivocados e preconceituosos conceitos quanto ao verdadeiro sentido da palavra homofobia. Se fosse colocar mais definições, talvez a capacidade do post, não suportaria tantas erroneas e deturpadas posições.

Se você leu com atenção, viu em meio aos diversos "conceitos" empregados pelos que, na maioria são de grupos ligados aos homosexuais, que eles apresentam mais causas e conseguencias da "homofobia", por parte de alguns grupos do que o verdadeiro sentido da palavra.

Resumem em: 1) Medo e o resultante desprezo e repulsa. 2) Repulsa ou preconceito. 3)  Medo irracional em relação à homossexualidade. 4) Ódio em relação aos homossexuais . 5) Agredir o homossexual  e etc.

Homofobia, etimologicamente falando é: 

HOMO - do Latim (Homo - Gênero de primatas simiiformes, hominídeos, ao qual pertence o homem) - do Grego (homós - semelhante, igual; comum)

FOBIA - do Latim (phobia - 1) Designação comum às diversas espécies de medo mórbido. 2. Horror instintivo a alguma coisa; aversão irreprimível) do Grego (phóbosMedo ; ação de pôr em fuga ; fugir) e ainda alguns complementos novos como 'medo intenso, ou irracional'; 'medo mórbido'; 'aversão instintiva'; 'hostilidade instintiva´.

Logo, Homofobia não tem nada a haver com relação a preconceito, ódio, repulsa, agressão, despreso ou medo irracional. Porque homo sendo igual (=) a semelhante e fobia sendo igual a medo (no sentido de sobrevivência), entende-se que a palavra significa MEDO DO QUE É SEMELHANTE, IGUAL ou COMUM.

Se considerarmos que o sentido dado pelo  neologismo a palavra, for a de PRECONCEITO AO QUE É SEMELHANTE, IGUAL ou COMUM, temos  que acreditar que a palavra aplica-se mais a RACISMO.

Daí conclui-se que, qualquer forma de preconceito, seja o RACISMO como preconceito de COR, RAÇA e ou ETNIA, seja com relação aos mais POBRES, seja de INTOLERÂNCIA RELIGIOSA, seja por residência em determinada região do país (NORDESTINOS ou NORTISTAS), seja por alguem que se VESTE DIFERENTE DOS DEMAIS (EMO) ou seja por ESCOLHA DE SUA SEXUALIDADE (HOMOSEXUALIDADE), é homofobia.

Lembrando que: se HOMO é semelhante  e todos os tipos de pessoas citadas acimas são nossos semelhantes, no sentido específico da palavra, logo qualquer tipo de preconceito PODE ser chamado de HOMOFOBIA.

Graça e Paz!

Preparem-se pra a nova palavra: HETEROSSEXISMO.

Comente se puder!

5 comentários:

Pastor Emerson Gomes disse...

O Esclarecimento de certas palavras; principalmentes de palavras como esta é de fundamental importãncia pois revela o seu verdadeiro significado e nos deixa informados sobre os pricipais temas abordados...

Pastor Emerson Gomes

Daladier Lima disse...

Infelizmente, os grupos GLS estão preparados para pautar a mídia. Eles criam mitos e os disseminam, e os jornais ficam com medo de parecerem politicamente incorretos. É o caso dos 200 assassinatos neste ano. Feita uma investigação apurada, conclui-se que a maioria se deu por brigas com motivo generalizado (não por homofobia) e em points de programa.
Outrossim, devemos estar preocupados com a segurança dos grupos homossexuais, mas não como individualidade. Todos devem ser protegidos pela Lei! TODOS!

Anônimo disse...

Bem, evidentemente nem todas as palavras aplicam-se ao seu sentido etimológico. Homofobia é um substantivo e, assim como muitos, abandona seu sentido de origem para carregar-se de convenções. Buscar aplicar a palavra do modo concluído pelo post, seria o mesmo que tentar aplicar isso à substantivos como pé-de-moleque, baba-de-bruxa, beija-flor, zumbi, ou a própria palavra preconceito, que em seu sentido etimológico não existe nada de ruim, como convencionado. Acredito (opinião pessoal, com todo respeito ao post), que buscar significados não convencionados possam causar verdadeiros erros de comunicação (como já ocorreu com um comentário do post "Luiz Carlos Prates, "desculpas" e explicações sobre sua HOMOFOBIA.", que estava lendo e a partir do qual fui levado para cá). Mas, mesmo assim, considerável sua busca pelo estudo da palavra. Bem... isso somente quanto a utilização cotidiana de "homofobia" como proposto pelo post. Quanto ao restante do exposto, todo tipo de preconceito (no sentido comum) é realmente severamente reprovável. Concordo com você. É somente triste ver as sutis reprovações aos homossexuais em diversos trechos do texto, contradizendo à sua conclusão. Fortifica minha certeza apenas, que este direito "exclusivo" que eles buscam, como exposto no início do texto nada mais é que o garantido para todos pela constituição mas não permitido à eles por grande parte da sociedade. Repito: minha opinião (neste comentário, sei que muito bem fundamentada). Foi prazeroso ler seu texto, pois é bom interar-se com quais pensam diferente, e certamente isso contribui para rever e fortificar seus próprios conceitos.

Marcus A. Barbosa disse...

Caro anônimo,

Se foi percebido pela sua pessoa, a palavra em questão, só atinge este atual significado, por causa de um neologismo.

O Que tentando apresentar, é que, nem mesmo entre os defensores dos grupos GLBT ou seja qual for a abreviação que usam atualmente, há um definição correta.


Não quero me prender ao SUBSTANTIVO FEMININO do grupo a qual a palavra pertence, porque este não é o meu objetivo.

Sem mais,

Um Abraço e que Deus te ILUMINE!

Fernando Batista disse...

Gostei muito do seu blog. É sempre necessário esclarecer as coisas de maneira correta.

Muito bom o comentário.